Resíduo para alguns, Energia para nós

Resíduo para alguns, Energia para nós

O processo de utilizaçao de biomassas de origem comprovadamente legal e que na maioria das vezes podem gerar graves problemas ambientais quando não destinadas corretamente.

O que antes era um passivo ambiental para as empresas, hoje pode ser usado para combustível.

Conheça melhor alguns dos tipos de biomassa que podem ser utilizadas :

Conheça melhor alguns dos tipos de biomassa que podem ser utilizadas :


Cavaco de Madeira - O que antes era um passivo ambiental para este segmento, hoje e utilizado em como Biomassa

Cavaco de Madeira - O que antes era um passivo ambiental para este segmento, hoje e utilizado em como Biomassa

Cavaco é o termo utilizado para caracterizar os pedaços de madeira (chips) oriundos de um processo de trituração. Proveniente, na maioria das vezes do eucalipto e do pinus, este cavaco é gerado em serrarias a partir da sobra das costaneiras de troncos. 

Resíduo Florestal - O que antes era um passivo ambiental para este segmento, hoje e utilizado em como Biomassa

Resíduo Florestal - O que antes era um passivo ambiental para este segmento, hoje e utilizado em como Biomassa

O over size, como o chamamos, é composto por tudo aquilo que é descartado no processo de colheita do eucalipto. Este resíduo, dispensado pelas máquinas colheitadeiras,  é deixado no solo dificultando o replantio. Este residuo de material é recolhido, triturado e transportado e utilizado para vários tipos de caldeiras .

Casca de Arroz - O que antes era um passivo ambiental para este segmento, hoje e utilizado em como Biomassa

Casca de Arroz - O que antes era um passivo ambiental para este segmento, hoje e utilizado em como Biomassa

Para os engenhos arrozeiros a destinação adequada da casca de arroz é sinônimo de custo. No Brasil algumas empresas especializadas fazem a logística reversa deste material: captando sem custo o descarte da empresa geradora e transforma em energia o que antes era um passivo ambiental para este segmento.

Caroço de Açaí - O que antes era um passivo ambiental para este segmento, hoje e utilizado em como Biomassa

Caroço de Açaí - O que antes era um passivo ambiental para este segmento, hoje e utilizado em como Biomassa

Um grande problema ambiental no Estado do Pará é o assoreamento dos rios em virtude do descarte indevido do caroço do Açaí. A partir de 2014 a Combio faz a coleta de grande parte do resíduo gerado na região do município de Barcarena, mitigando a sua destinação indevida e o transformando em biocombustível.

Da Agência Ambiente Energia - Um projeto piloto de US$ 2 milhões apoiado pelo Fundo Multilateral de Investimentos (Fumin), membro do Grupo BID, esta ajudando famílias de baixa renda envolvidas no processamento do açaí no Pará, maior produtor da fruta no país, a se tornarem fornecedores de usinas de biomassa. O açaí é uma fruta típica da região amazônica e faz parte da dieta básica da população dessa região. A maior parte do processamento do açaí ocorre na capital, Belém.

O projeto tem o objetivo de incentivar a criação de uma rede de produtores de polpa de açaí e de catadores de lixo, que coletarão os caroços da fruta, que geralmene são descartados nas ruas da cidade, na rede de esgoto e nos rios. A intenção é criar uma indústria ligada à produção de biomassa que seja comercialmente viável, sustentável e inclusiva e que contribua para a redução da poluição causada pelo despejo ilegal do caroço e bagaço da fruta.Esta rede fornecerá o caroço para a VBA-Açaí, empresa que transformará caroços de açaí em briquetes, para que sejam aproveitados na produção de energia. A VBA-Açaí é a subsidiária brasileira da World Wide Recycling, empresa sediada na Holanda reconhecida pelo seu modelo de tratamento de resíduos sustentável.

“Essa abordagem inovadora será capaz de transformar um crescente problema ambiental em uma oportunidade de negócio verde”, disse Lorena Mejicanos Ríos, chefe da equipe do projeto no Fumin. “Esperamos que este projeto inspire a cultura da reciclagem e ofereça lições importantes para iniciativas semelhantes em toda a América Latina e no Caribe”, completou.

O projeto fornecerá assistência técnica e capacitação para cooperativas de catadores de material reciclável, além de desenvolver e implementar um plano logístico que inclui a criação de estações de coleta e transporte do material para VBA-Açaí. O projeto gerará novas oportunidades de renda para 2.400 produtores de polpa e 360 catadores de resíduos (a maioria mulheres) e contribuirá para a criação de 65 novos postos de trabalho na VBA-Açaí.

Além disso, o projeto pretende ser inserido no Mecanismo de Desenvolvimento Limpo ou em outros programas alternativos de certificação de carbono, criando fluxos adicionais de renda para processadores de açaí e catadores de lixo por meio da venda de créditos de carbono.

O projeto mitigará a mudança climática ao reduzir a geração de metano, evitando a emissão de pelo menos 234 mil toneladas métricas de dióxido de carbono equivalente nos 10 primeiros anos.

Cavaco Reciclado - O que antes era um passivo ambiental para este segmento, hoje e utilizado em como Biomassa

Cavaco Reciclado - O que antes era um passivo ambiental para este segmento, hoje e utilizado em como Biomassa

Este tipo de cavaco é produzido a partir da logística reversa do descarte de algumas indústrias, como por exemplo montadoras, que recebem suas peças em caixas ou palets de madeira. Todo este material é separado e captado por empresas de reciclagem de madeira, onde é transformado em cavaco

Resíduo para alguns, Energia para nós